Carregando Eventos

« Todos Eventos

  • Este evento já passou.

Inovação e Criação de Infraestrutura Contra o Coronavírus: Investimento Público e Privado e Criação de Empresas Privadas na Área de Saúde no Brasil

25 de setembro @ 14:00 - 17:00

O objetivo da discussão é mostrar que, para além das universidades – já apresentadas no seminário anterior -, algumas empresas do Estado de São Paulo já participavam, antes do coronavírus, do processo de construção do conhecimento em C&T na área médica.

Esse seminário se orienta a partir de duas áreas que fazem parte do projeto do grupo no IEA-USP:

1) Gestão, Inovação e Avaliação de Tecnologias em Saúde
Essa área estuda como os recursos econômicos escassos e iniciativas de gestão públicas e privadas são alocadas ao setor de saúde, para produzir bens e serviços, assim como discute como tais recursos são distribuídos e alocados no âmbito das organizações (empresas, hospitais, centros de assistência etc.). A área é responsável pela promoção do diálogo acadêmico para se avançar no debate sobre o funcionamento dos mercados de assistência à saúde e sua interação com os processos de Avaliação de Tecnologias em Saúde (ATS).

2) Políticas Públicas de Ciência e Tecnologia em Saúde
Essa área de concentração centraliza análises sobre os processos de produção e circulação do conhecimento em saúde na sociedade e na Política, assim como sua interface com os elementos culturais envolvidos na atividade de desenvolvimento científico e tecnológico em saúde. São priorizadas discussões sobre o papel do conhecimento como transformador de sistemas político-culturais, assim como sua relação com a produção de iniciativas de desenvolvimento em saúde não apenas circunscritas nos sistemas acadêmicos, mas também na oferta de inovações no setor produtivo e nas sociedades contemporâneas.

Além do entendimento de recursos – públicos e privados – na produção de bens e serviços e da análise dos processos de produção do conhecimento (processo de inovação), entende-se que os bens são resultados de investimento em recursos humanos, atores conectados e presentes em universidades e institutos de pesquisa. Os mercados são hospitais, governo local e exportação.

Esses artefatos e equipamentos representam parte da infraestrutura na área médica. Infraestrutura é organizada em culturas naturais complexas, equipamentos materiais, classificações, padrões, organizações especializadas e grupos sociais interessados.

Assim, interessa-nos discutir o processo de inovação desses artefatos, i.e., a formação dos grupos, análise de mercado, fomento (público e privado). Neste momento, situação de pandemia, como essas empresas se situam no mercado? Quais as perspectivas pós pandemia?

Inscrições

Evento público e gratuito | sem inscrição prévia

Evento on-line não haverá certificação

Programação

14h Abertura

Maria Conceição da Costa (Unicamp)

14h05 Apresentação de empresas

Empresas que já estavam produzindo equipamentos médicos que se tornaram necessários para pacientes com covid-19.

Luiz Gustavo Pagotto Simões (CEO da Nanox)

Wataru Ueda (CEO da Magnamed)

Paulo Tomazela (KPTL e Magname)

15h05 Debatedores

Carlos Henrique de Brito Cruz (ex-Diretor Cientifico Fapesp e atual Senior Vice President da Elsevier Research Networks)

Gonzalo Vecina Neto (FSP/USP)

Eduardo Zancul (EP/USP)

Guilherme Ary Plonski (EP, FEA e IEA/USP)

Glauco Arbix (FFLCH e IEA/USP)

16h Abertura para Questões do público

Mediadora: Claudia Pavani (PGT/USP)

17h Encerramento

Evento com transmissão em: http://www.iea.usp.br/aovivo

Detalhes

Data:
25 de setembro
Hora:
14:00 - 17:00
Website:
http://www.iea.usp.br/aovivo