A Epidemia Brasileira de Covid-19 não é Apenas um Evento Viral

Qual a contribuição das ciências humanas e sociais para a gestão e a mitigação dos impactos da pandemia da Covid-19?

As experiências anteriores e bem-sucedidas de enfrentamento de pandemias virais – e a resposta brasileira à nossa epidemia brasileira de HIV/Aids foi exemplar- validaram abordagens em saúde coletiva e global ancoradas em ciência, tecnologia e técnicas de resposta social e intervenção produzidas em diferentes áreas do conhecimento.

Apesar de acumularmos uma epidemia em ondas sempre crescente de mortes e da evidente negligência na proteção e promoção do direito à saúde dos brasileiros e brasileiras, sustenta-se um produtivo esforço de cooperação interdisciplinar e intersetorial entre profissionais, gestores e cientistas na melhor tradição que busca fortalecer o nosso Sistema Único de Saúde.

No campo das práticas de saúde avivadas pela emergência e falta de controle da infecção pelo vírus da SarsCoV-2, a participação e envolvimento de lideranças comunitárias e a produção de pensadores de várias áreas tem formulado boas respostas à epidemia brasileira da Covid-19.

O objetivo deste primeiro webinário da série “A Epidemia Brasileira de Covid-19 não é Apenas um Evento Viral”, que está dividido em 3 sessões – dias 11, 14 e 15 de junho, é compartilhar o trabalho de pesquisadores que pensam a epidemia brasileira da Covid-19 valorizando a produção das ciências sociais e humanas que tem influenciado e norteado respostas sociais buscando impactar políticas públicas intersetoriais.

Organização: Programa Ano Sabático (IEA)